Tem nada errado se é o que te faz feliz - Anavitória - Preta.
Banco de ideias: passo a passo para não sofrer mais com a falta do que postar
Banco de ideias: passo a passo para não sofrer mais com a falta do que postar
Blogosfera

Banco de ideias: passo a passo para não sofrer mais com a falta do que postar

Publicado em
3 de dezembro de 2018
Escrito por

Para um blog ter sucesso é necessário consistência, estar sempre atualizando seus leitores com conteúdo relevante. E ter ideias do que postar nem sempre é fácil, ainda mais se você não tem colaboradores que também postam no seu blog.

Um Banco de Ideias, como o nome sugere, nada mais é do que um local onde você anota todas as suas ideias de conteúdo para criação. Ele será muito importante para a organização dos seus posts porque com isso é possível criar um calendário editorial e então saber exatamente quando e o que você vai postar.

Com um banco de ideias organizado é possível:

  • Analisar qual categoria tem mais ideias de posts (ou já feitos) e então estudar formas de abastecer as categorias que estão com pouco conteúdo;
  • Saber exatamente quando é a hora de sentar e criar mais artigos porque suas ideias estão acabando (o ideal mesmo sempre abastacê-lo com novos posts para não entrar em desespero quando precisar postar e perceber que não há mais ideias);
  • Ter uma visão geral de quais posts estão em progresso e quais você precisa trabalhar para publicar;
  • Também é bom para ter um equilíbrio nas palavras-chave que você usa no blog para ter uma variedade de conteúdo.

Como criar um banco de ideias

Ande com um bloquinho de notas

Pode perceber que a maioria das vezes que surgem ideias, você está fazendo algo totalmente aleatório (como lavando a louça ou vendo um filme) por isso é sempre importante ter o costume de andar com um bloquinho de notas, seja virtual ou não.

Quando digo andar com ele, é levar para qualquer lugar mesmo. Cinema, festa, almoço em família, casa do namorado. Não confie na sua memória, por mais incrível que sua ideia seja (e você ache que não vai esquecer), porque ela é falha.

Eu tinha criado ideias de conteúdos para o blog um ano antes de colocá-lo no ar e fui anotando tudo no bloco de notas do celular e no Evernote. Qual foi minha surpresa ao entrar lá e ver um monte de posts que eu havia esquecido?

Então por mais que você ache que não vai esquecer, anote. E pode acontecer também de depois você achar essa anotação inútil e não querer mais usá-la, e isso é normal porque na hora em que você tinha ela na cabeça, o momento parecia perfeito para colocar a ideia em prática. Mas nem por isso você deve apagar. Deixa ela lá anotada porque um dia você pode achar outras informações para agregar àquela ideia.

O que anotar?

  • As próprias ideias de posts;
  • Fotografar também é uma boa, se você é mais visual;
  • Novas tags e palavras-chave que você acha que vai se encaixar perfeitamente no seu blog;
  • Se além do título do post você também teve uma ideia de como diagramar ele ou o que vai ter no conteúdo, anote;
  • Tudo referente ao seu blog.

O Evernote é um ótimo recurso para esse tipo de tarefa porque ele é simples e tem muitas funções que irão te ajudar bastante como, por exemplo, separar as notas em cadernos, compartilhar o que você escreveu com outra pessoa (ótimo para colaboradores), salvar artigos de alguma página da web, aplicativo para computador (muito bom para escrever quando tiver sem internet) etc.

Se você não gostar muito de escrever a mão, então ele é uma ótima pedida porque assim você tem suas notas em todos os lugares que houver internet (basta ter o app instalado no dispositivo).

Como criar o banco de ideias

Agora é hora de colocar suas ideias num mesmo lugar para você conseguir ter uma visão geral das coisas que você tem para dizer para o mundo através do blog.

Deixar suas ideias no bloco de notas não é uma boa porque você pode acabar esquecendo alguma coisa e, além do mais, criar uma panilha é muito mais eficaz e te ajuda a se organizar melhor.

Eu uso e recomendo o Google Planilhas e agora vou mostrar como é fácil organizar suas ideias por lá.

Depois de acessar o site e fazer login com uma conta do Google, você vai criar uma nova panilha em branco clicando em “Blank”, como na imagem abaixo:

Ok, sei que a tela de planilhas é meio confusa se é a primeira vez que você tá vendo, mas fique calma que não é nada difícil.

Primeiro nomeie seu arquivo com ‘Banco de Ideias‘ ou algo que te faça entender o que é o seu arquivo. Lembre-se que ele ficará salvo na nuvem do Google Drive.

Agora nós vamos criar colunas para então colocar os posts e suas respectivas informações. Clica na linha entre a coluna A e B para aumentar o espaço da coluna A.

Como criar um banco de ideias com o Google Planilhas

Clicando duas vezes no quadradinho, você consegue editar o conteúdo. Sabendo disso, no quadradinho A1 você digita ‘Nome do Post’. Você vai nomear todas as colunas com informações sobre o post na linha 1.

Aqui estão algumas sugestões de colunas que vão te ajudar a se organizar melhor:

  • Categoria: vai te ajudar a saber qual categoria tem mais posts e então criar mais posts para categoria pobre de conteúdo;
  • Status: você deve preencher essa coluna com informações sobre o progresso do post. Eu costumo usar ‘Ideia’ (para posts que ainda não foram escritos), ‘Em Progresso’ (para os que já estão sendo preparados) e ‘Pronto’ (para os que estão 100% concluídos).
  • Palavras-chave: assim como as categorias, saber quais palavras-chaves estão sendo esquecidas é importante para haver equilíbrio de conteúdo.
  • Observações: Tem alguma observação importante para o post? Escreva nessa coluna. “Ajustar título para SEO” ou “Comprar material para criar o vídeo” é um exemplo.
  • Autor (se tiver mais que um)

Fique à vontade para complementar com algo que seja interessante para você.

Agora é hora de preencher essas colunas com os posts que você anotou em outros lugares como no bloco de notas ou Evernote.

Ao final, você deve ter uma planilha mais ou menos assim:

Como criar um banco de ideias com a Planilhas Google

Clique na imagem para ver maior

Viu como você consegue ter uma visualização melhor dos posts que estão para ir ao ar?

Essa plhanilha é um exemplo e com ela podemos perceber melhor que:

  • Minha irmã (Vulks) tem poucos posts, ela precisa escrever mais;
  • Temos poucos posts na categoria ‘Decorar’. Precisamos preparar mais conteúdo para ela;
  • Existem apenas 2 posts em progressos. É necessário tirar um dia para escrever mais se quisermos continuar com a frequência de 3 posts por semana;
  • Dois posts estão prontos para entrar no calendário editorial e precisamos criar o material de divulgação (pins, textos para Facebook e Instagram etc.)
  • Precisamos trabalhar mais em posts sobre produtividade e home office;

Caso seu banco tenha muito mais posts que esse exemplo (espero que sim!), você pode clicar na setinha ao lado da letra da coluna. Vai abrir um menu, então você clica em ‘Sort sheet A to Z’ que ai essa coluna será organizada por ordem.

Como criar um banco de Ideias com Panilhas Google

Ficará assim:

Dessa forma você consegue analisar melhor o item que você precisa.

Outras formas de abastecer seu banco de ideias

Além das ideias repentinas, existem outras formas bem eficazes de abastecer seu banco de ideias:

Usando as categorias do blog

Como já sugeri, você pode dar uma olhada nas categorias que estão com pouco conteúdo e buscar formas de criar conteúdo relevante para seus leitores.

Como criar um Banco de Ideias

Complementando um post

Outra forma muito boa é dando uma olhada geral nos posts que você já tem e analisando qual conteúdo poderia complementar esse que você já fez.

Sabe aquele post de lista que todo mundo gosta e você já tem alguns no seu blog? Pegue algum tópico ou algo que você mencionou e transforme-o em um outro post. Não esqueça de depois editar o post de lista com o link para o novo post!

O que seus leitores precisam saber

  • Se você já tem um formulário de pesquisa de púbico, você pode criar conteúdo se baseando nas respostas obtidas.
  • Caso não tenha, você também pode usar seu Instagram Stories para isso, basta usar as enquetes do próprio aplicativo;
  • Dê uma boa olhada nas dúvidas do seu público-alvo na internet, usando grupos do Facebook para isso. Quais são as dúvidas que eles têm e que você consegue responder?
  • Se você não conhece o Quora, ele é um site de perguntas e respostas onde usuários publicam suas dúvidas sobre determinado assunto. Use-o para encontrar o que as pessoas querem saber sobre algumas palavras-chave do seu blog.
  • Tire as dúvidas de e-mails e comentários que você recebe criando um post bem didádico;

O que seu público precisa saber e você sabe explicar?

Conclusão

Criando um banco de ideias fica muito mais fácil de organizar seus posts e analisar quando e o que você precisa escrever.

Para que isso funcione, é importante você ter o hábito de sempre usar sua planilha para que não fique um caos. Sempre usa-a para criar anotar seus posts, só então você cria uma rascunho no blog para então agendar e ir trabalhando nele.

O que fazer em seguida?

Gostou da ideia?
Se ainda tiver alguma dúvida de como fazer, deixe nos comentários para que possamos te ajudar!

Escrito por Ella Jardim

Idealizadora do Cores & Flores Blog, sou formada em Design de Interiores, mas escolhi o design gráfico e a fotografia para mudar, de alguma forma, a vida das pessoas online.
Deixe seu melhor e-mail para enviarmos sua senha para acessar nosso Jardim Secreto, onde disponibilizamos ferramentas exclusivas para blogueiras e empreendedoras que querem ter sucesso!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


*

  1. Natalia Macedo em 3 de dezembro de 2018

    Nossa, que post INCRÍVEL. Eu sempre ando com o meu bloquinho de anotação, sou jornalista e é aquela coisa: tudo é pauta, tudo pode ser uma potencial matéria pro blog. E aí anoto na hora! É um hábito que vale muito a pena.. ja até acordei de madrugada com uma ideia e corri pra anotar kkkk

    • Ella Jardim em 8 de dezembro de 2018

      AHAAHHUHAHUA também anoto sempre que acordo com ideias ahahaha
      Mas pelo menos a gente não a perde, né? E não custa nada!

  2. Nayandra Ramos | Último Biscoito em 4 de dezembro de 2018

    QUE-POST-INCRÍVEL!
    Eu já havia pensando em algo parecido com isso, mas não amadureci a ideia e na época me pareceu bem difícil de fazer, mas agora você conseguiu ensinar de um jeito simples e muito prático, com certeza vai ajudar muito. Eu particularmente vou usar o excel pra fazer, sei que não vai ser a meeesma coisa, até porque o arquivo vai ficar no meu PC, mas acho que isso vai me estimular a sair mais do celular e fazer as coisas do blog mais pelo computador, com mais qualidade inclusive. Adorei o post, de verdade, até salvei no Pinterest, porque ele precisa ser visto!
    um grande beijo

    (vim pelos grupos do facebook)

    • Ella Jardim em 8 de dezembro de 2018

      Fico super feliz que ele tenha dado certo <3
      É uma boa fazer pelo Excel também, mas a vantagem de usar o Google Planilha é que o arquivo fica na nuvem, então é mais seguro porque não há riscos de perder e você pode acessar de qualquer lugar que tenha internet 😉

      Obrigada por compartilhar <3 <3

      Beijão,
      Ella J.

  3. Júlia em 9 de dezembro de 2018

    Anotando as dicassss hihi
    Eu utilizo o trello, já ouviu falar?
    Tanto pra organização em geral, quanto pra o banco de dados, porém é tudo bem simples e seu post me deu uns insights de como organizar o meu! Thankss

    Beijo beijoo

    http://www.jubaqueen.com

    • Ella Jardim em 10 de dezembro de 2018

      Simmm, eu uso o Trello também, é muito bom, né?
      No começo foi meio confuso, mas agora ele ajuda bastante!

  4. Cristiano Alves em 15 de dezembro de 2018

    Sensacional este artigo. Valeu!!!

  5. Monalisa Santos em 24 de julho de 2019

    Adorei suas dicas! Obrigada

  6. Mônica Meleiro em 11 de outubro de 2019

    Olá Ella!
    Quero criar um blog.
    Gosto de escrever, mas não tenho muita familiaridade com redes sociais. Você costuma fazer link de instagram, blog, pinterest? É complicado?
    Seria um blog de saúde, inicialmente. Estou escrevendo um projeto de pesquisa. Com a intenção de divulgação, pensei em desenvolver algo com o que gosto, que é escrever.
    Estou adorando suas orientações de organização e, principalmente, de evitar a procrastinação.
    Confesso que fiquei um pouco perdida com tantas idéias de aplicativos. Vou tentar baixá-los. Acha que eu deveria selecionar dois principais para me acostumar? Mais simples?
    Com o intuito de ter uma verba, antes de ter a idéia do blog, entrei em uma empresa de marketing de relacionamento, que tem a ver com bem estar, saúde, mas é da área de cosméticos. Qual sua opinião em misturar as coisas e tentar angariar vendas pelo blog? Misturar demais? Tem como fazer link com whatsapp? Aonde posso aprender mais sobre isso de forma gratuita? Pode sugerir? Posso ter acesso a seus textos e recursos vips, secretos, biblioteca de recursos, mimos, sem ter um blog ou site? Muitas dúvidas, né?

    • Ella Jardim em 11 de outubro de 2019

      Oi, Mônica!
      Você não precisa ter site nem blog para acessar a biblioteca de recursos, basta ter um e-mail válido para receber sua senha para conseguir entrar <3

      Os aplicativos e ferramentas que indico são só algumas opções que acho que funcionam muito para quem cria conteúdo. Acho que é uma boa você testar qual que mais vai te atender, sabe? Aproveita que você ainda não começou a realmente publicar para testar as ferramentes, ver as funcionalidades e ir se acostumando antes.

      Por exemplo, eu faço o banco de ideias no Google Sheets (Excel), mas algumas pessoas preferem fazer no Evernote mesmo, em listas. O importante mesmo é que fique de uma forma que te facilite e te ajude. Se você também conhece outras ferramentas com as mesmas funcionalidades, você pode adaptar o que explicamos para usar nas ferramentas que você gosta.

      Algumas pessoas fazem o gerenciamento de conteúdo no Asana, que tem o mesmo princípio que o Trello. Eu já acho que esse último tem mais funcionalidades que ajudam mais, mas cada um usa o que acha melhor, não é?

      Sobre as vendas no blog, te aconselho a fazer o que você consegue dar conta e que faça sentido para o seu nicho. É muito importante ter um público-alvo para ter sucesso com o blog, então você pode até vender algumas coisas 'misturadas', mas os produtos como um todo precisam fazer sentido para quem visita seu blog. O Adsense pode ser uma boa ajuda para conseguir ganhar um dinheirinho. No começo você não vai receber quase nada, mas aos poucos você vai vendo retorno financeiro com ele.

      Enfim, fico muito feliz em saber que você está gostando do conteúdo e que ele está te ajudando a tirar as ideias do papel! Pode mandar mais dúvidas, vamos nos falando.

      Se preferir, pode me mandar um e-mail: ola@coreseflores.blog.

      Beijão,
      Ella Jardim.



Relacionados
Minha bola de cristal diz que você vai gostar desses aqui:
Últimos mimos
Recursos exclusivos para te ajudar nessa jornada empreendedora

Checklist do blog profissional de sucesso

Todos os itens para que um blog profissional se torne inesquecível.

Planejador Semanal Reutilizável

Visualize com facilidade todos os objetivos da semana

Coleção de fotos para usar no Pinterest

Coleção de imagens para arrasar na divulgação do seu conteúdo!

30 ideias criativas de conteúdo para bombar no Instagram

Recentes
últimas novidades