Cuida bem da sua forma de ser, amanhã o dia vai ser diferente de outro dia - Tulipa Ruiz - Aqui.
10 motivos pelos quais meu primeiro blog não deu certo
10 motivos pelos quais meu primeiro blog não deu certo
Blogosfera

10 motivos pelos quais meu primeiro blog não deu certo

Publicado em
14 de dezembro de 2018
Escrito por

Ter um blog profissional pode ser o sonho de muita gente porque, vendo de fora, parece bem fácil. Basta escrever e apertar publicar, certo? Não, a resposta é não.

Por conta da minha vontade de compartilhar ideias com as pessoas, eu tive vários blogs. Mas com o tempo eu aprendi que para ele dar certo é necessário entender alguns pontos os quais eu trago hoje nesse post (porque você não deveria repeti-los na sua vida como criador(a) de conteúdo).

1. Eu não sabia para quem escrever

Para ter um blog você precisa saber quem são seus leitores para criar um conteúdo que seja relevante para eles e conseguir focar no que você vai escrever. É claro que o assunto do blog precisa ser algo que você saiba fazer porque só assim seus leitores vão te ver como autoridade e então confiar realmente no seu trabalho.

Hoje eu entendo a importância disso e como ele influencia no conteúdo que eu produzo.

2. Eu não via meu blog como empresa

Para quem escreve com o propósito de ter uma renda futuramente com o seu trabalho de blogar, é preciso entender que seu blog agora é sua empresa e com isso você precisa investir (tempo e dinheiro).

Eu queria que meu blog fosse relevante, mas agia como se ele fosse um hobby e com isso eu não tinha os resultados que eu queria. Mudando minha forma de pensar eu consegui entender que eu tinha que investir em material para blogar e também em cursos para eu me profissionalizar em áreas como marketing, comunicação etc.

3. Fazia meus posts da cama

Não há nada menos produtivo do que escrever no mesmo lugar que você dorme.

10 motivos pelos quais meu primeiro blog não deu certo

Isso faz um mal enorme para várias áreas da sua vida: afeta seu sono, sua coluna vai para o espaço e você não consegue criar com eficiência.

Me formei em Design de Interiores e foi na faculdade que entendi a real importância de eu criar um espaço para meu trabalho, mesmo que ele seja feito em casa.

Claro que nem todos tem a oportunidade que eu tive (de ter um espaço em casa que eu pudesse transformar em meu escritório), mas é importante analisar se realmente na sua casa não há um lugar, nem que seja só para colocar uma mesa simples, para que você possa chamar de seu.

Ter um espaço adequado para trabalhar aumenta a produtividade e melhora seu bem-estar em relação ao trabalho. Então se você puder, invista num home office ou em um espaço para trabalhar saudavelmente e deixe sua cama somente para descansar.

Eu incentivo bastante o home office para quem está começando seu negócio agora e não tem como investir num outro espaço. Por isso crio conteúdos importantes para você que leva a vida trabalhando de casa.

4. Não tive persistência

Um blog de sucesso precisa de conteúdo ótimo e muito alcance. Para quem começa agora é muito difícil conseguir esse último (a não ser que você tenha muito dinheiro para investir em posts patrocionados nas redes sociais) e quando vi que haviam dias que meu post só recebia 4 ou 5 visitas, eu desanimava.

Para dar certo é preciso criar o hábito de blogar, ou seja, estar sempre produzindo, divulgando, analisando resultados e criando estratégias para melhorar.

Não importa se seu artigo hoje tenha poucas visitas, continue criando coisas boas e relevantes para as pessoas. O reconhecimento do blog leva tempo e esse foi meu maior aprendizado com os outros blogs.

5. Meus posts não tinham técnicas de SEO

SEO são otimizações que seu blog precisa ter para que ele apareça nos resultados de buscas do Google e com isso você ganhará tráfegos orgânicos, de pessoas que estão realmente buscando pelo assunto que você aborda.

Bom, eu não sabia o que era e por isso eu não aplicava. Quando eu disse que é importante investir tempo, era sobre isso que eu estava falando porque estudar requer um pouco do seu tempo e é algo necessário até mesmo para criar conteúdo, afinal, é um trabalho de comunicação.

6. Conteúdo vazio

Eu não tinha um roteiro quando eu ia criar um post (fui aprender estudando sobre como escrever melhor) e nem sabia o que eu queria que meu leitor aprendesse com o que eu criei. Com o tempo eu fui aprendendo que para que seu conteúdo seja relevante é necessário que ele mude a vida de alguém, que provoque ações e desperte emoções.

Então estudar sobre comunicação e entender a importância de um conteúdo rico em informações para o meu público-alvo foi crucial para que eu começasse a escrever posts com valores e um objetivo.

10 motivos pelos quais meu primeiro blog não deu certo

7. Sem planejamento do que postar

Eu simplesmente postava quando queria e o que dava na telha. Eu tinha boas ideias, na verdade, porque a faculdade me ajudou a ter uma outra visão do mundo e eu queria compartilhar tudo que eu aprendia com outras pessoas, mas eu não me organizava e com isso aconteciam duas coisas:

  • Eu sentia que eu não tinha tempo para nada, porque eu precisava estudar para a faculdade também sendo que, na verdade, eu tinha tempo sim; eu só não sabia como otimizá-lo e organizá-lo melhor para que eu pudesse fazer tudo que eu queria. Então eu só escrevia quando sobrava tempo, o que era quase nunca;
  • Como meu tempo era curto, meu conteúdo era bem precário. Eu não explorava nos textos tudo que eu podia porque eu queria postar, mas não tinha tempo para tal. Eu comecei a entender também que por mais que eu soubesse sobre um assunto, eu precisava estudar mais sobre ele para entregar um post completo e sem falsas informações;

8. Eu não era presente nas redes

Eu nunca fui muito chegada a publicar em redes sociais e isso se estendia ao blog. Eu tinha página no Facebook, mas quase não postava; participava de grupos, mas quase não interagia, tinha Instagram mas postava uma vez e quando eu quisesse, fiz Pinterest mas não otimizei para que as pessoas me encontrassem.

“Quem não é visto não é lembrado”

Para que lembrem sempre do seu blog e o que ele produz é importantíssimo estar sempre presente na vida dessas pessoas e a forma mais fácil é entregar conteúdo através das redes sociais. É gratuito e todo mundo tem. Quer mais facilidade que isso?

9. Às vezes eu não sabia sobre o que falar

A única certeza que eu tinha era que eu queria compartilhar tudo de bom que eu via na vida. Só que chegava uma época que eu não tinha nada de novo para falar. Esse é um dos motivos para ter um público-alvo e criar um banco de ideias.

Quando você sabe quem são seus leitores, é muito mais fácil encontrar informações sobre o que eles precisam. E quando você tem o hábito de andar com um bloquinho de anotações (virtual ou não) para anotar tudo e não esquecer, dificilmente você deixará de ter ideias.

10. Meu blog não era organizado

Imagina só, eu não tinha nem tags e categorias e isso é extremamente ruim para o fluxo interno do blog porque de repente a pessoa gostou do post e queria ter mais informações de algum assunto como aquele, mas ela não sabia como achar justamente porque não tinha tags e nem categorias para rotular os artigos.

Aprender a organizar meu blog foi essencial para que eu pudesse saber o que eu estava produzindo e criar estratégias de mostrar esses conteúdos específicos para meus leitores.

E eu gostei tanto de ter aprendido, que fiz um post para explicar exatamente a importância desse recurso para o criador de conteúdo.


1

Com tudo isso em mente, agora eu consigo entender melhor o que estou fazendo, para onde quero ir e como posso fazer isso.

O que fazer em seguida?


Texto postado originalmente no meu Linkedin.

Escrito por Ella Jardim

Idealizadora do Cores & Flores Blog, sou formada em Design de Interiores, mas escolhi o design gráfico e a fotografia para mudar, de alguma forma, a vida das pessoas online.
Deixe seu melhor e-mail para enviarmos sua senha para acessar nosso Jardim Secreto, onde disponibilizamos ferramentas exclusivas para blogueiras e empreendedoras que querem ter sucesso!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


*

  1. Camila Goulart em 14 de dezembro de 2018

    Eu adoro seu blog, sempre aprendo muuuito por aqui e lendo este artigo lembrei-me do meu primeiro blog, lá nos primórdios do anos 2000 rs, quando tudo isso estava no auge e eu apenas escrevia por escrever, sem motivo, sem organização e muito menos divulgação. Quando era mais nova achava que era apenas copiar e colar qualquer coisa em qualquer lugar e pronto, ficaria famosa a qualquer custo, mas hoje percebo minha ingenuidade no passado e tenho estudado muito para crescer e ter meu lugar no meio de tantas blogueiras famosas.

    • Ella Jardim em 19 de dezembro de 2018

      Camilaaaaaaa, fico feliz que o blog seja relevante pra você <3

      Me identifiquei muito com o que você disse! Eu tinha exatamente esse pensamento, mas hoje consegui mudar e espero que a gente chegue onde queremos, né?

      Beijos, obrigada <3 <3

  2. Mariana Antunes em 14 de dezembro de 2018

    Ótimas dicas! Tô meio perdida no meio mas vou tentar me organizar para ano que vem 🙂

  3. Deivy em 14 de dezembro de 2018

    Nossa, muito verdade! Eu acredito que todo primeiro blog contém erros muito vastos e conteúdo muito vago, sempre me batia a dúvida de qual conteúdo eu iria produzir e quem iria ler o que escrevi. Acho que o tempo cura tudo, mesmo!

    Beijos do Deivy!

  4. leila em 1 de janeiro de 2019

    Super curtir as dicas.

  5. Juliana em 23 de janeiro de 2019

    Mais um post seu que está me ajudando!



Relacionados
Minha bola de cristal diz que você vai gostar desses aqui:
Últimos mimos
Recursos exclusivos para te ajudar nessa jornada empreendedora

Checklist do blog profissional de sucesso

Todos os itens para que um blog profissional se torne inesquecível.

Planejador Semanal Reutilizável

Visualize com facilidade todos os objetivos da semana

Coleção de fotos para usar no Pinterest

Coleção de imagens para arrasar na divulgação do seu conteúdo!

30 ideias criativas de conteúdo para bombar no Instagram

Recentes
últimas novidades