O que aconteceu quando, finalmente, desapeguei das redes sociais
Saúde e Bem-estar 26/09/2019

O que aconteceu quando, finalmente, desapeguei das redes sociais

postado por

Parece que as redes sociais estão dominando todo mundo. Eu não sei vocês, mas eu achava que era uma das pessoas que não era viciada nesse negócio de estar conectada o tempo todo.

Pode ser que seja pelo fato de eu realmente não ter o hábito de usar nenhuma rede social enquanto trabalho. Essa é uma das formas mais eficientes que encontrei de focar o dia inteiro.

Até que meu celular começou a mostrar o tempo que eu passo usando cada aplicativo, e eu fiquei realmente assustada com o resultado mostrado em ‘redes sociais‘.

Seis horas e cinquenta usando redes sociais diariamente. O quanto de coisa que eu poderia fazer nesse tempo?

Claro que não fui radical em tirar completamente as redes sociais da minha vida.

Já fiquei alguns meses sem usar o Facebook (desativei mesmo) e é estranho pelo simples fato de parecer que você realmente sumiu da face da Terra – Fulana engravidou e você só descobre depois que ela pariu, Ciclana morreu e você não soube, a outra fez aniversário e você esqueceu. E por aí vai.

Eu apenas me limitei a reduzir o tempo que eu passo nas redes sociais, substituindo por outras atividades que eu queria.

Então olha só as 5 coisas que eu descobri quando eu decidi que realmente era hora de acabar com o hábito de checar as redes sociais o tempo todo.

1. Comecei a ter mais tempo para fazer outras coisas

Há uns meses atrás eu estava reclamando que com a rotina corrida de trabalho eu não conseguia ler um livro, ou fazer coisas que eu coloquei como meta.

Não ter tempo para isso era apenas resultado do tempo que eu passava nas redes sociais.

Eu entrava no quarto, começava a rolar o feed e, como sabemos que acontece, eu esquecia da vida.

5 minutinhos, na verdade, eram 1h30.

O saldo dessas últimas semanas ao reduzir o tempo nas redes sociais é:

  • Tenho lido mais e diariamente antes de dormir;
  • Consigo realmente prestar mais atenção no que ando comendo, além de ter mais tempo para pesquisar receitas saudáveis e preparar os alimentos ao invés de comer algo mais rápido – que geralmente não é saudável;
  • Já estou há 27 dias consecutivos (o app mostra isso) meditando antes de dormir e, às vezes, após o almoço;
  • Tenho escutado mais podcasts. Acabo me informando sobre assuntos interessantes ao mesmo tempo que faço outras coisas;
  • Consigo dormir mais cedo, o que me faz acordar mais cedo e ter mais tempo para caminhar sem a desculpa de que acordei atrasada;

Acredite, isso faz uma diferença enorme no bem-estar, porque finalmente estou tendo tempo e colocando como prioridade as coisas que são importantes para mim.

Detox das Redes Sociais para empreendedoras

2. Minha ansiedade diminuiu consideravelmnete

Sabemos que as redes sociais são capazes de despertar sentimentos intensos em nós. Estar conectado nos faz rir, sentir raiva ou amor etc.

E olha o turbilhão de informações que chegam a todo momento, nos fazendo sentir várias coisas em pouquíssimos minutos.

Isso me deixava bem agitada, ânsiosa e, muitas vezes, com insônia.

Consigo dizer com muita clareza que me privar de estar conectada o tempo todo tem me deixado mais tranquila porque não sou bombearda de informações, sejam boas ou ruins.

Leia também

3. Acordo mais disposta

Pode ser uma vergonha eu confessar isso agora, mas há um tempo atrás eu olhava meus e-mails e redes sociais toda vez que eu ia ao banheiro de madrugada – ou seja, umas duas vezes. E, na maioria das vezes, isso me causava insônia.

Resultado? Acordava mais tarde, sem disposição para viver e morrendo de sono.

A solução que encontrei – inclusive falei um pouco mais no conteúdo para te ajudar a acordar mais cedo – foi deixar o celular bem longe da cama. E, claro, me comprometi a não mexer nele até que o despertador tocasse. E tem funcionado que é uma beleza!

4. Dores nas costas? Não mais, mon amour!

Eu acordava sempre com dor nas costas e cheguei a culpar o colchão, falando que ele estava velho e na hora de trocar.

Mas na verdade a tensão que eu sentia no pescoço era justamente por usar o celular de madrugada por várias horas.


E você? Quantas horas tem passado nas redes sociais ao invés de viver a vida real?

A gente sabe que hoje em dia é quase impossível se desconectar totalmente, até porque esse pode ser o único meio de comunicação que você tem com uma amiga distante, por exemplo.

Mas se você sente que anda deixando de fazer algumas coisas, se sente indisposta durante o dia e sofre com insônia, preste um pouco mais de atenção porque a culpa disso tudo pode ser seu celular e como você o utiliza.

Se esse for o caso, pelo bem da sua saúde mental, reduza o uso do celular e ocupe seu tempo com coisas que você quer fazer há meses e diz que não tem tempo.

postado por
Idealizadora do Cores & Flores Blog, sou formada em Design de Interiores, mas escolhi o design gráfico e a fotografia para mudar, de alguma forma, a vida das pessoas online.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


*

  1. Lulu Corrêa em 27 de setembro de 2019

    Nossa! Eu passo tempo demais em redes sociais… Consigo me desligar de vez em quando. Daí, leio muito. É muito louco isso tudo.

    • Ella Jardim em 1 de outubro de 2019

      É muito bom se desconectar e ter um tempo pra si. As redes sociais podem tomar todo nosso tempo, se a gente deixar!

  2. Mauro Renato em 2 de maio de 2021

    Amei a matéria, estou tentando me desapegar do mundo virtual a eras, percebi que estava passando mais de 10 horas no tiktok e twitter, não durmo bem tem muito tempo e ando com muita ansiedade. Decidi que é hora de me desapegar de vez de todo esse estresse, a única rede que irei manter talvez seja o Instagram, por conta do meu trabalho. Ademais agradeço pois seu relato me fez tomar coragem.

  3. Gabriela em 25 de maio de 2021

    Nossa eu amei esse conteudo obrigada!